A Soko é um projeto de joalharia amiga do ambiente, que está a tentar redefinir os princípios da moda ética, não só criando peças bonitas, mas também apoiando os artesãos através de uma plataforma de tecnologia simples, inovadora e poderosa.

A Soko conseguiu criar uma “fábrica virtual” onde, através de uma ferramenta que todos os artesãos já possuem – o telemóvel – eles têm acesso a cada passo do processo de produção. Com esta tecnologia os artesãos têm acesso a um mundo inteiro de consumidores, e conseguem expandir os seus horizontes de negócios e perspectivas empresariais. O resultado é uma grande variedade de produtos a preços acessíveis e elegantes que são eticamente produzidos no Quénia, a partir de materiais sustentáveis.

A trabalhar principalmente com artesãos do Quénia, mais de 1300, a Soko permite que, em alguns casos, esses empresários aumentem os seus rendimentos em mais de 4 vezes. A empresa ajuda ainda estes empresários através de formação e capacitação contínua para que estes consigam construir negócios estáveis e consigam aumentar os seus lucros de forma sustentável.

Curioso para saber como é que funciona? Veja o vídeo abaixo.

 

Utilizar técnicas ancestrais e típicas da região é possível, acredita a marca, sem negligenciar o meio ambiente. Assim, e de forma sustentável a Soko, tem uma variada gama de produtos – colares, pulseiras e brincos – todos feitos à mão no Quénia. Os artigos reflectem desde a arquitetura a elementos tribais tradicionais da região africana, criando uma estética forte mas ao mesmo tempo simples. São também estes os elementos que estão na origem da marca. Os materiais utilizados pelos artesãos são de origem local e ecológicos. O restauro de partes de animais, como o chifre*, e a reutilização do bronze são disso exemplo.

   

 

O lema da Soko, fundada em 2008 por Ella Peinovich, Catherine Mahugu, and Gwendolyn Floyd (da esquerda para a direita) é “transformar a indústria da moda, um acessório de cada vez”.  Até agora, as três fundadores têm sido muito bem-sucedidas e já conseguiram recolher financiamento que ronda mais de $1.4 milhão de dólares. Outro marco importante para a marca foi a abertura da primeira loja física em São Francisco, o ano passado. Tudo isto resulta em mais e melhor apoio, a mais e mais artesãos.

Os produtos da Soko estão disponíveis aqui.

*a utilização de chifre nos produtos Soko não envolve crueldade animal   

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>