Ana Teresa Neves é a pessoa à frente da marca Teresa Gameiro. Seguir com a herança cultural da sua região fez com que Teresa fundasse a marca com o seu nome. Vamos descobrir um pouco melhor toda esta história se desenrolou.

Natural de Leiria foi, desde sempre, rodeada pelo talento das avós com crochets, almofadas feitas com retalhos de tecido ou até com pegas feitas com linhas dos sacos de farinha. Mas foi depois de tirar o curso de Modelação de Vestuário em Lisboa e estagiar em Itália, na marca Barena Venezia, que algo (talvez tudo) mudou em Teresa.

Começou a fazer (todo o) sentido para Teresa explorar a história têxtil da região de onde é original, contribuir para a sua continuidade e para a reutilização de tecidos desperdiçados pela indústria têxtil. Quando regressou de Veneza, a designer voltou às origens e à cidade onde vivia, Fátima, e aí começou a traçar os primeiros passos da marca Teresa Gameiro.


Depois de muita pesquisa na área, em 2103 criou as primeiras malas, que misturaram pano feito de restos de tecido de algodão, pele e muito talento das tecedeiras locais. Os produtos são feitos em teares manuais com teia em puro algodão, como manda a tradição. Das malas, Teresa e o grupo, aventuraram-se mais recentemente ainda nos produtos de decoração de casa (toalhas, almofadas, caminhos de mesa e tapetes).

Ao aproveitar os desperdícios das empresas de têxteis e a trabalhar com tecedeiras locais a marca valoriza o saber-fazer da região, possibilitando o passar do conhecimento e acima de tudo o seu reconhecimento através de produtos ecologicamente sustentáveis, de grande elegância e qualidade.

A Teresa Gameiro pela voz da fundadora, quer fazer despertar um consumo mais consciente e humano através de objectos bonitos que traduzem e reflectem técnicas e saberes únicos no país. A par disso apoia e fomenta a produção têxtil e a criação de emprego locais.

Não poderíamos estar mais alinhados com a ousadia e visão da marca. Para a DOME fazer parte da história de superação e reinvenção da Teresa Gameiro é um privilégio e uma inspiração. E como tal, no mês em que nos declaramos a todas as mulheres que admiramos, a Teresa e o grupo de tecedeiras que a apoiam, não podiam ficar de fora.

Esta é a nossa declaração a todas as mulheres que fazem parte da mudança e são, elas próprias, a mudança.

Se quiser conhecer os produtos disponíveis na DOME da marca que une a tecelagem com a reciclagem têxtil veja aqui

 

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>